Tendências de design e arquitetura para 2020

Tendências de design e arquitetura para 2020
Tendências de design e arquitetura para 2020

A chegada de um novo ano também representa uma mudança de estéticas e paradigmas, por isso, começar 2020 bem informado é fundamental. Para tal, reunimos as principais tendências em arquitetura e design para esse novo ano que se inicia. Aposte nessas nuances para manter seus projetos atuais e cheios de vida.

A arquitetura precisa ser feita de significados

A arte, a arquitetura e o próprio design são um retrato dos tempos, da cultura e da sociedade onde são concebidos. Hoje nossa sociedade vive em um turbilhão de informações, tecnologias e referências e, como consequência, não é mais possível encaixar as personalidades nas caixinhas do passado. As pessoas estão mais complexas, múltiplas e dinâmicas e a decoração deve acompanhar esse processo. 

Em um mundo em que qualquer coisa está a distância de um clique, o que vale é a experiência. Projetos que tenham diversas camadas de significados e objetos decorativos que tenham grande valor sentimental ganham força nessa perspectiva. Nada deve ser por acaso, tudo deve representar ou servir para algo.

Sustentabilidade é a palavra da vez

A consciência de que nosso mundo está pedindo socorro é cada vez mais presente, as pessoas querem saber o que podem fazer dentro de casa para reduzirem o impacto que suas vidas causam a natureza. 

Na arquitetura, é preciso investir em materiais naturais e soluções ecológicas, a bioconstrução e o estilo urban jungle vêm ganhando cada vez mais força. No design, o destino do lixo que produzimos ganha evidência e o consumir por consumir perde seu sentido.

O design se inspira na busca interior

Na contramão da inovação tecnológica, as pessoas estão em busca de lugares e experiências offline, que as permitam encontrar paz e tranquilidade dentro de si mesmas. Os projetos arquitetônicos devem incluir espaços que favoreçam esse desejo, seja em objetos de decoração, numa maior aproximação com a natureza ou mesmo no uso de materiais mais naturais como a madeira. Estruturas orgânicas, texturas irregulares e trabalhos artesanais também ganham destaque. Plantas, vidros e espaços abertos são ótimas apostas.

A inspiração pode vir de qualquer lugar

O mundo é redondo e não é mais preciso cruzar céus e mares para estar em contato com outras pessoas, culturas e vivências. Dessa forma, as pessoas se sentem livres para buscar e usar referências dos mais diversos tipos de lugares. 

Ao voltar de uma viagem, os indivíduos costumam trazer na bagagem mais do que pequenos souvenirs, mas também os costumes, as formas de vestir, decorar e a culinária dos lugares por onde passaram. Todas essas novas experiências acabam sendo incorporadas ao lar, uma forma de manter a experiência viva por mais tempo.

O minimalismo ganha nuances tecnológicas 

O ‘menos é mais’ já tem estado em cena por um certo tempo, o que muda é uma forte inclinação ao universo tecnológico, principalmente com as alternativas cada vez mais comuns de automação residencial. 

No minimalismo, preza-se por ter apenas o essencial, dessa forma, móveis com múltiplos usos, controles de automação por voz e objetos de decoração interativos são ótimas pedidas para qualquer projeto. 

Em um mundo que não para, as tendências de design, arquitetura e decoração buscam expressar aquilo que está no coração de seus donos. Uma busca incessante por propósito e um caminho em busca do verdadeiro eu. 

Para receber mais dicas e conteúdos como esse, não vá embora antes de assinar nossa newsletter

Quer receber dicas e novidades?

Email cadastrado com sucesso! :)