Conheça 10 estilos de decoração diferentes para casa e apartamento

Conheça 10 estilos de decoração diferentes para casa e apartamento
Conheça 10 estilos de decoração diferentes para casa e apartamento

Quem não deseja um lar bem decorado e aconchegante, não é verdade? No entanto, na hora de criar a identidade visual de um ambiente, é normal que as pessoas se sintam perdidas com tantas informações. Afinal, há diversos estilos de decoração e cada um conta suas particularidades.

O ideal é optar por um que reflita a personalidade dos moradores e que todos os elementos harmonizem entre si. Mas essa não é uma tarefa tão fácil. Por isso, 26

Qual a diferença entre decoração e tendência? 

Antes de partirmos para os estilos de decoração, é interessante que tenhamos clara essa diferença. O estilo é uma marca registrada, ele pode ganhar novas nuances com o passar dos anos, mas sua essência permanece a mesma. Já a tendência muda periodicamente, o que está em alta agora, pode não estar daqui a alguns meses.

Quando falamos em decoração de interiores, é importante entender essa transitoriedade para que você aposte em estilos, não apenas em tendências, na hora de fazer suas escolhas. 

Conheça alguns estilos de decoração: 

1. Minimalista

A premissa desse estilo é: “menos é mais”. Ou seja, é baseada na escolha de poucos elementos para compor o ambiente. A ideia é usar apenas o necessário para que os espaços pareçam amplos e que sejam locais nos quais prevaleça a funcionalidade. Para isso, a melhor opção é utilizar móveis multifuncionais.

Do mesmo modo, os móveis planejados são indicados para compor uma decoração minimalista. Afinal, conseguem otimizar todos os espaços da casa, visando a praticidade dos moradores.

Assim, os móveis são baixos, elegantes e simples. As cores neutras predominam, como o cinza, bege, branco, preto. Para criar esse estilo, há poucos objetos decorativos. O ideal é eleger alguns que sejam bem marcantes para criar pontos focais, como um quadro na parede ou uma elegante peça de arte.

2. Escandinava

Esse tipo de decoração é atemporal e tem como base a simplicidade da vida nos países nórdicos. O branco prevalece no ambiente e os tons que remetem à natureza são os responsáveis por dar vida ao local, em especial o verde. Para deixar o branco mais aconchegante, a madeira tem uma presença marcante nos móveis e revestimentos do piso e paredes.

Mantas de lã sobre os sofás, tapetes de pelo alto e almofadas acrescentam conforto à modernidade dessa decoração. Os objetos são posicionados de uma forma incomum e é justamente isso que dá personalidade ao local. Um bom exemplo disso são quadros encostados no chão ou em prateleiras e fios de lâmpadas ficam aparentes.

 

3. Industrial

Esse é um dos estilos de decoração que mais tem feito sucesso. Ele traz tubulações aparentes, concreto, madeira, metal e vigas expostas. A ideia é criar um clima de armazém ou galpão. Por isso, o pé direito costuma ser alto.

Luminárias em cobre ou alumínio e paredes de tijolo aparente ou com revestimento de cimento queimado são a marca registrada. As cores que compõem o ambiente são neutras e sóbrias, como o marrom, branco e cinza.

 

4. Campestre

Associado às casas de campo, o estilo campestre aposta na madeira como material principal. Para dar graça e aconchego ao rústico, há a presença de flores, seja em estampas, seja nas floreiras distribuídas pelos ambientes. Sofás ou poltronas de couro não podem faltar.

Normalmente, a iluminação é em tom amarelado para destacar os elementos naturais e enriquecer o clima bucólico. Aposte também em fibra natural, que pode estar na cúpula de abajures, encostos de cadeiras, tapetes e mantas.

5. Clássica

Quem gosta de sofisticação e elegância, certamente se identifica com esse estilo de decoração que lembra casas nobres e castelos. Os detalhes são ricos e escolhidos a dedos. O mobiliário em madeira e couro apresenta curvas e entalhes. Apesar de ter peças bem marcantes, é um estilo atemporal e tradicional.

No entanto, é indicado para espaços amplos, pois as peças são grandes, volumosas e imponentes. As cores seguem a paleta da madeira, ou seja: branco, bege, preto, off-white e marrom.

Invista em objetos de decoração como candelabros, abajures e detalhes em cobre, prata ou ouro. O uso de pedras naturais, como mármore e granito, harmoniza muito bem com o estilo clássico. 

6. Futurista

Tecnologia, funcionalidade e design inovador aliados para criar composições que parecem vindas do futuro — o mobiliário futurista é uma proposta que foge dos formatos tradicionais, remetendo à ideia da vida no espaço, como em um antigo filme de ficção científica falando sobre o século XXI.

Nós temos um artigo dedicado somente a explorar as características desse estilo, você pode ver ele aqui. 

7. Montessoriano

Voltado para quem tem crianças, o estilo montessoriano é muitas vezes aplicado em quartos infantis, mas também pode ser expandido para o resto da casa. 

Sua origem deriva de um método pedagógico criado por Maria Montessori no começo do século 20. A grande educadora italiana buscava, em suas técnicas, valorizar mais a autonomia da criança em seu natural desenvolvimento.

A principal vantagem desse estilo está no aprimoramento da autonomia por meio de configurações e decorações específicas.

8. Contemporâneo

Simplicidade é uma definição exata do estilo contemporâneo. Ele é uma alternativa para quem considera exaustiva a rotina de cuidar de casa, como tirar pó e organizar inúmeros bricabraques, buscando apenas o essencial para o conforto no lar.

O contemporâneo é herança do movimento modernista, uma revolução cultural que influenciou tanto as artes quanto o design. A busca é por linhas puras que culminam numa estética minimalista, ou seja, no conceito do “menos é mais”.

Ele absorve estes conceitos e inclui uma nova perspectiva: a da personalização do espaço. Com ele, as linhas retas se misturam às sinuosas na composição e os acessórios surgem como pontos focais para criar ambientes únicos.

9. Vintage

Podemos começar a entender esse estilo diferenciando-o do retro. Enquanto o vintage é um estilo autenticamente antigo, o retrô se inspira no antigo para criar peças novas. 

Na decoração vintage, o ideal é buscar por móveis clássicos e combinações de cores mais arrojadas.

Uma boa dica é buscar móveis menores e até objetos de decoração em brechós e antiquários, para que eles sejam originalmente vintage. 

 

10. Boho

O estilo boho é recheado de influências, que vão desde o hippie chic, passando pela cultura cigana, o estilo oriental e a moda étnica. É um estilo mais ousado e também mais despojado.

O segredo aqui está em saber combinar vários elementos de maneira harmoniosa, criando uma aura de conforto que é própria do estilo. Plantas, peças de crochê, macramé e estampas étnicas são marcas registradas da decoração boho. 

 

O estilo boho é recheado de influências, que vão desde o hippie chic, passando pela cultura cigana, o estilo oriental e a moda étnica. É um estilo mais ousado e também mais despojado.

O segredo aqui está em saber combinar vários elementos de maneira harmoniosa, criando uma aura de conforto que é própria do estilo. Plantas, peças de crochê, macramé e estampas étnicas são marcas registradas da decoração boho. 

E então? Com qual dos estilos de decoração você mais se identificou? Além do gosto pessoal, é preciso levar em consideração o espaço disponível e hábitos de vida. Dessa forma, você terá seu lar do jeitinho que sempre sonhou!

Quer receber mais dicas sobre decoração e mobiliário? Então, assine nossa newsletter e receba as melhores publicações.

Algumas das imagens deste post foram retiradas do Pinterest, caso uma seja de sua autoria, entre em contato conosco para darmos os devidos créditos ou retirarmos da publicação.

 

Quer receber dicas e novidades?

Email cadastrado com sucesso! :)