Decoração afetiva: como criar ambientes cheios de histórias

Decoração afetiva: como criar ambientes cheios de histórias
Decoração afetiva: como criar ambientes cheios de histórias

Você já ouviu falar em decoração afetiva? Talvez a melhor forma de descrevê-la seja usando a imaginação: sabe aquela sensação de que sua casa é seu porto seguro? O lugar onde você se sente feliz, confortável e capaz de recarregar suas energias. 

Muitas dessas sensações estão atreladas a objetos, móveis e até cores que compõe o lugar que temos orgulho de chamar de lar. E é sobre isso que a decoração afetiva versa sobre, imprimir sua história e sensações na decoração.

O que te deixa feliz? 

Uma pergunta bastante pessoal, que pode ser muito fácil ou extremamente difícil de responder, mas, ainda assim, um dos melhores lugares para se começar a pensar em uma decoração afetiva. 

Olhe para tudo que compõe a sua casa e preste atenção às sensações que cada objeto, cômodo, parede lhe transmite. Pense no que você gostaria de manter, o que não faz mais sentido pra você e o que pode ser usado de outra forma.

Decoração com personalidade

Um dos principais benefícios da decoração afetiva é a singularidade. Invariavelmente um ambiente decorado com às suas memórias vai ter a sua cara e é isso que vai torná-lo único e especial. 

Com uma pitada de criatividade e alguns macetes, você pode redecorar qualquer parte da sua casa de maneira mais afetiva, veja nossas dicas.

Separe todos os objetos que têm significado para você

Separe suas fotos preferidas, quadros que você gosta, aquela impressão que acabou nunca ganhando uma moldura. Objetos de família que você quer guardar, souvenirs de viagens, coleções, peças vintage, enfim, tudo aquilo que te emociona, trazendo lembranças agradáveis, de um outro tempo feliz. 

Depois de reunir todos esses objetos em um mesmo lugar, agrupe-os por categorias, todas as fotos de um lado, todas as peças de porcelana do outro e assim por diante. Conforme os grupos se formarem, vai ficar mais fácil definir em que cômodo eles devem ficar e de que forma podem ser usados. 

Isso não significa que às categorias não podem se misturar, essa é apenas uma metodologia para te ajudar a distribuir suas peças preferidas.

Use fotografias e quadros para criar uma decoração afetiva

Você é o responsável por manter as fotos antigas da família? Tem vários quadros de arte ou ilustrações guardadas? Nesse caso as paredes são um ótimo espaço para expor essas peças criando uma decoração única e cheia de emoção. 

Comece pelo centro da parede, com os quadros e fotos que você tem hoje e vá preenchendo o restante da parede ao decorrer dos próximos momentos importantes da sua vida. Uma galeria de memórias a sua disposição. 

Se você não quer furar a parede ou prefere uma estrutura mais padronizada, pode usar prateleiras estreitas para apoiar molduras e porta retratos. 

Outra dica legal é dispor esses elementos na parede contrária a parede principal, por exemplo, na sala, ela ficaria atrás do sofá, no quarto, em cima da cabeceira. Essa opção é interessante porque, como é um espaço com bastante informação, pode ser um pouco desgastante olhar para ele o tempo todo. 

Objetos de cozinha também têm seu lugar

Herdou a prataria da avó? Sua mãe separou o bule do enxoval do  casamento dela pra você? Sua paixão é colecionar peças de porcelana dos lugares onde viaja? Essa é uma ótima forma de colecionar lembranças através de peças únicas e repletas de significado. 

Se o número de peças que você possui é grande, dispô-las em uma cristaleira pode ser uma ótima opção. Prateleiras também funcionam, assim como armários com portas de espelho. 

Espalhar as peças pela casa,  usá-las como decoração de centro de mesa, vaso de flor ou ponto de destaque no aparador também funcionam. Outra dica legal é incorporar às peças ao compor sua mesa, por exemplo, bules e canecas podem virar porta-talheres e xícaras servem como porta temperos ou castiçais e assim por diante. 

Coleções merecem um destaque especial

Uma boa ideia para quem gosta de padrões é optar pelo mesmo objeto para ser usado como souvenir, montando, ao longo das mais diversas experiências, uma coleção vasta e recheada de memórias. É o caso de canecas, chaveiros, postais, canetas, tickets de entrada, entre outros. 

Nesse caso, você pode pensar em formas criativas de dispor as peças através de um móvel criado especialmente para elas, visto que a ideia é que a coleção vá crescendo com o passar do tempo.

A decoração afetiva é a melhor forma de preencher nossa casa com os bons sentimentos e energias positivas. E se você cansar de alguma peça ou da disposição da decoração, ressignifique, busque outro espaço para expor aquela peça, dê uma nova utilidade para ela, ou ainda, transforme-a em algo completamente novo.  

Tenha uma decoração impecável com móveis multifuncionais

Nossa vida é repleta de mudanças, a decoração dos nossos espaços deve acompanhar esse fluxo. 

Quer receber mais dicas como essa? Então não esqueça de assinar nossa newsletter antes de ir embora. Até a próxima.   

Quer receber dicas e novidades?

Email cadastrado com sucesso! :)