8 dicas para contratar bons funcionários para sua loja de móveis

8 dicas para contratar bons funcionários para sua loja de móveis
8 dicas para contratar bons funcionários para sua loja de móveis

Os colaboradores representam o que o seu empreendimento tem de mais importante. Afinal, são os responsáveis por todas as atividades essenciais para o andamento da sua loja de móveis. Além disso, garantem o alcance das metas, a competitividade e a expansão do negócio. No entanto, como contratar bons funcionários?

Essa tarefa precisa de muita atenção e cuidado, pois empregar uma pessoa inadequada compromete seu comércio. Para que seu negócio apresente um bom desempenho e tenha uma equipe realmente eficaz, selecionamos algumas dicas valiosas que você não pode deixar de colocar em prática durante a seleção. Acompanhe!

1. Descreva a função detalhadamente

É fundamental fazer uma boa descrição das tarefas desempenhadas no cargo. Isso permite que você defina exatamente o tipo de talento de que sua empresa precisa. Deixe claro ao candidato o que está buscando, quais valores são necessários, as atribuições a serem executadas e o que é avaliado na conduta de um funcionário.

Ao apresentar isso, observe e analise sua resposta. Nesse caso, ele deve demonstrar segurança em realizar tudo conforme o perfil do negócio. Um colaborador precisa estar perfeitamente alinhado à missão, à visão e aos princípios estabelecidos pelo empreendimento.

2. Use o networking para contratar bem

Contratar um colaborador indicado por alguém que você já conhece reduz os riscos de erro. Então, pergunte a outros funcionários e a fornecedores se eles conhecem alguém que julguem capacitado para sua empresa. Além disso, pessoas com quem você já trabalhou antes de iniciar seu negócio podem ser uma boa contratação.

No entanto, vale lembrar que não se pode escolher pelo coração ou afeição. Jamais deixe a razão de lado e examine bem as experiências e as potencialidades do candidato em questão. É fundamental ter isso em mente para contratar bons funcionários.

3. Realize uma atividade prática

É importante dar alguma tarefa não muito complicada ao candidato. Assim, será possível observar de que maneira ele resolve e como agiria no ambiente de trabalho da sua empresa.

Além de poder analisar as habilidades básicas do indivíduo, isso também permite saber se ele realmente entendeu as explicações sobre as atribuições do cargo e sobre o perfil da empresa. Se for uma atividade que envolva mais pessoas, pode-se identificar, ainda, se há características de liderança no candidato.

4. Busque na concorrência

Procure saber os benefícios oferecidos aos funcionários pela sua concorrência. Elabore um pacote mais atraente, como horários diferenciados, planos de saúde e planos de incentivos. Então, se tiver um bom relacionamento com algum ex-funcionário seu, que, agora, esteja em outra empresa, entre em contato e faça uma proposta a ele.

Aproveite para perguntar se ele indicaria algum colega de trabalho que, mesmo empregado, esteja disposto a mudar de empresa em razão das melhores condições oferecidas.

5. Leve em conta a personalidade do candidato

É fato que uma pessoa precisa estar alinhada com o cargo e com a empresa para ser contratada. No entanto, levar em consideração a personalidade é um ponto que faz você descobrir pessoas realmente dispostas a aprender e a encaixar-se no perfil.

Assim, durante a entrevista e a atividade prática, procure analisar como o indivíduo se comporta em relação ao seu futuro na empresa. Isto é, se tem interesse em crescer e, para isso, oferecer o seu melhor.

6. Entende a motivação do candidato

Se ele já está em um emprego na área, pergunte porque ele quer mudar para a sua empresa, se esta em outra área, investigue sua capacidade de se adaptar ao novo mercado; se é jovem, peça sobre suas perspectivas de crescimento. 

Perguntas como: onde você quer estar nos próximos anos? Você consegue se imaginar crescendo aqui? e depois de quanto tempo de trabalho você espera receber sua primeira promoção? Podem elucidar muito acerca da motivação do candidato e do que vai mantê-lo fiel a empresa em momentos de dificuldade.

7. Crie situações hipotéticas e estude como o candidato reage

Dez em cada dez donos de empresas desejam que seus funcionários vistam a camisa e tenham pensamento de dono. Bom, se esse é o seu caso, a entrevista é o melhor momento para entender se o candidato tem essa visão. 

Durante a conversa, apresente ao candidato situações difíceis com as quais você tem que lidar no dia a dia e pergunte o que ele faria no seu lugar. Se expor situações da sua empresa for complicado, você pode usar uma empresa fictícia ou ainda se apoiar em cases que já aconteceram com grandes empresas.

8. Peça referências

Quando o candidato está falando sobre si mesmo, está apresentando as situações a partir da sua visão, e não quer dizer que ela seja certa ou errada, mas é apenas um ponto de vista, por isso, pedir referências pode ser uma ótima chance de conseguir vislumbrar o perfil do candidato com outras lentes. 

Procure falar com antigos chefes e colegas de trabalho do candidato, se você conhecer alguém que já trabalhou com ele mas não está nas indicações fornecidas no currículo, melhor ainda. 

Apenas lembre-se de ser cuidadoso para não falar com alguém que pode criar uma situação complicada no atual emprego do candidato.


Do outro lado da mesa: seja claro quanto às suas promessas e expectativas

Até agora nós falamos sobre o que você pode pedir e investigar sobre o candidato que está concorrendo a vaga, agora é hora de falar do que você tem que oferecer enquanto empregador. 

Muitos dos funcionários que acabam desistindo de seus trabalhos nos primeiros meses relatam grandes diferenças entre o que a vaga prometia e a realidade da empresa. 

Por isso, durante o processo de seleção, procure ser o mais claro possível, não somente acerca do que você espera do candidato mas também sobre a realidade da sua empresa, o que o futuro funcionário vai encontrar no dia a dia, que tipo de apoio pode esperar e onde pode buscar ajuda. Também seja bastante claro quando a remuneração e benefícios oferecidos.

Saber como contratar bons funcionários significa evitar perdas de produtividade e de capital, bem como garante melhores resultados, fazendo sua loja de móveis ganhar cada vez mais destaque no mercado. Portanto, siga as dicas apresentadas nesse artigo para ter uma equipe bem selecionada e alinhada com seus interesses e objetivos. 

Quer receber mais dicas de como expandir sua empresa? Acompanhe a Daico no Facebook e Instagram

Quer receber dicas e novidades?

Email cadastrado com sucesso! :)