Aprenda aqui 3 boas práticas para vencer objeções de vendas

Aprenda aqui 3 boas práticas para vencer objeções de vendas
Aprenda aqui 3 boas práticas para vencer objeções de vendas

Uma das grandes habilidades de um bom vendedor é a capacidade de lidar com objeções de vendas. Afinal, os questionamentos e as negativas fazem parte da rotina de quem trabalha com negociações e ofertas de produtos.

Não é porque o jogo parece perdido que você deve jogar a toalha. Se souber aplicar bem, existem algumas práticas capazes de reverter a negociação a seu favor. Quer saber quais são? Reunimos aqui 3 dicas imperdíveis. Continue lendo e fuja das objeções de vendas!

1. Mostre as vantagens que o produto pode trazer para a rotina do cliente

Não há nada mais desagradável do que sentir que o vendedor está tentando empurrar alguma coisa que você não quer ou não precisa. Portanto, evite fazer isso. Ao contrário dessa prática, procure mostrar ao cliente o que aquele produto pode agregar à sua rotina.

Aposte na empatia para enfatizar isso. Procure gerar proximidade e ouça com atenção as preferências e os anseios do seu cliente em potencial. Em seguida, apresente seu produto como uma forma de potencializar resultados, trazer comodidade e facilitar processos.

Se o seu consumidor tem crianças pequenas, você pode ressaltar que móveis planejados possibilitam agregar diversão ao mobiliário, como uma cama com escorregador, por exemplo.

2. Ofereça soluções para eliminar objeções de venda

O mundo já está cheio de problemas. Portanto, não crie mais um! Seu produto precisa ser a solução pela qual o cliente tanto anseia. Muitas vezes, ele nem sabe que tem um problema e, por isso, não vê a necessidade de buscar o que você está vendendo.

No entanto, você pode fazer com que ele perceba que enfrenta determinados entraves ou demandas. É uma boa ideia para abrir caminho a fim de se aproximar mais da pessoa e diminuir as chances de ter objeções de vendas.

Faça questionamentos, considerando as informações que ele próprio expõe. Se ele disser que sua casa é muito pequena, você pode pontuar sobre a bagunça dos filhos ou a dificuldade de aproveitar bem os espaços, por exemplo. Quando ele concordar e começar a reclamar, você pode apresentar móveis multifuncionais para otimizar os ambientes. Você aponta o problema de maneira sutil e apresenta a solução.

3. Ouça seu cliente e entenda suas demandas 

Muitas vezes, você perde tempo tentando vender algo a uma pessoa que não tem o perfil de consumidor do seu produto. Não importa o quanto você seja um bom vendedor, é muito mais fácil vender um vinho para um apreciador da bebida do que para uma pessoa que não bebe.

É claro que ela pode decidir comprar seu produto para presentear alguém ou para impressionar o chefe novo. Entretanto, para que você não tenha que se desdobrar para fazer essa manobra, é importante conhecer melhor o consumidor.

Não tenha pressa. Ouça com atenção tudo o que ele diz, entenda que tipo de pessoa ele é e o que está pré-disposto a consumir. Pergunte por suas preferências e pelo seu estilo de vida. Criar uma relação de proximidade com o cliente facilita muito na hora de vencer as eventuais objeções de venda.

O processo de venda vai muito além de apresentar um produto e fechar o negócio. Você precisa conhecer bem o que deseja vender e procurar inserir aquele item na rotina do cliente. Quanto mais você faz parecer que aquilo é indispensável, menores serão as objeções de vendas.

E aí? Conhece alguma dessas práticas? Conte sua experiência para nós nos comentários!

Quer receber dicas e novidades?

Email cadastrado com sucesso! :)