4 melhores práticas para fazer uma análise de concorrência eficaz

4 melhores práticas para fazer uma análise de concorrência eficaz
4 melhores práticas para fazer uma análise de concorrência eficaz

Realizar uma análise de concorrência vai muito além de comparar preços com outros empreendedores que atuam no mesmo segmento que o seu. É um estudo para analisar estratégias, preferências do consumidor e tendências de mercado.

O processo de comparação de produtos, serviços e práticas empresariais é conhecido no marketing como benchmarking. Assim sendo, ele pode ser entendido como um instrumento que visa aumentar o desempenho de uma organização baseando-se nas medidas de gestão e comunicação mais eficientes adotadas na atualidade. O primeiro passo, porém, consiste em entender as características do seu próprio negócio para, então, identificar os concorrentes principais e desenvolver meios de monitorá-los e estudá-los corretamente.

Continue a leitura, confira 4 das principais práticas envolvidas na análise de concorrência e entenda como elas podem ajudar sua empresa a crescer!

1. Análise SWOT

Entendendo as características e circunstâncias do seu negócio, você terá bases mais sólidas para realizar uma análise de concorrência eficaz. Levando em consideração fatores de estudo de mercado — tais como preço, canais de aquisição, posicionamento de marca e satisfação de clientes — é possível definir os altos e baixos de uma empresa.

Existem muitas ferramentas que podem ser usadas nessa tarefa, como o Business Model Canvas (BMC) e a análise SWOT. Esta última consiste em elaborar uma matriz capaz de tornar a análise dos dados muito mais intuitiva e funciona a partir de questionamentos conforme segue:

  • forças (strenghts) — quais são os pontos fortes da sua companhia e seus diferenciais e vantagens?
  • fraquezas (weaknesses) — quais são suas desvantagens, seus problemas e suas carências?
  • oportunidades (opportunities) — quais características do mercado e do momento beneficiam sua empresa?
  • ameaças (threats) — quais são os fatores do mercado que dificultam o sucesso do seu negócio?

2. Listagem de concorrentes

Nem sempre os concorrentes são aqueles que comercializam os mesmos produtos ou serviços que a sua empresa. O chamado concorrente sem face é aquele que atende o mesmo público que o seu, mas oferece soluções diferentes, que podem comprometer o resultado das suas vendas.

Um dos grandes propósitos de uma análise de concorrência, portanto, é passar um pente fino no mercado para identificar os inimigos silenciosos que podem estar lhe custando muitos clientes.

A partir daí, será possível desenvolver medidas a fim de conduzir esses consumidores perdidos para os canais de comunicação e as ofertas do seu empreendimento.

3. Estudo da experiência do consumidor

Atualmente, todos os esforços de marketing estão focados na experiência do consumidor. Esse é o chamado Marketing 3.0, no qual as empresas passam a lidar com seus clientes como seres humanos, ou seja, como indivíduos com dores, opiniões e valores.

Nesse sentido, torna-se necessário colocar-se no lugar das pessoas e compreender seu olhar sobre todos os processos de uma companhia, tais como:

  • atendimento — qual o nível de facilidade e satisfação na resolução de dúvidas e problemas;
  • ambiente — estrutura do local ou canais de acesso na internet;
  • comunicação — como a comunicação é percebida e quais são seus impactos;
  • produto ou serviço — comparação de vantagens e desvantagens entre os produtos do mercado;
  • ticket médio — o valor médio investido por cliente no negócio.

Em estudos mais detalhados, pode ser utilizado um cliente oculto cujo propósito é analisar pessoalmente a experiência oferecida pelos concorrentes tornando-se, de fato, um dos seus clientes.

4. Monitoramento por ferramentas de análise de concorrência

Levantar dados não é uma tarefa fácil, por isso muitas empresas utilizam ferramentas de estudo e monitoramento para acompanhar o desempenho das suas organizações e de seus concorrentes na internet. Entre as mais utilizadas podemos citar:

  • Google Alerts;
  • Google Trends;
  • SEMRush;
  • SocialMention.

Para concluir, lembre-se de que uma análise de concorrência eficaz é também um poderoso instrumento para obter insights valiosos para as decisões tomadas no seu negócio e ainda realizar parcerias. Entretanto, essa prática deve ser constante, afinal o mercado está sempre mudando e adaptando-se às novas exigências do cliente.

Quer receber outros conteúdos como este e ainda obter vantagens? Então, assine nossa newsletter para ficar por dentro de todas as novidades da DAICO e ainda participar de promoções exclusivas!

Quer receber dicas e novidades?

Email cadastrado com sucesso! :)